Dia Mundial da Água 2022, os nossos compromissos sustentáveis

Entrevistamos Julien Populin e Filip Lefever, gestores ambientais da Lutosa.

Os nossos compromissos para com a sustentabilidade

Na Lutosa, estamos preocupados com o impacto ambiental das nossas atividades. Assim sendo, adotámos uma série de iniciativas e incorporámo-las na nossa política “Pledge to the World”, que assenta em cinco pilares: Good People, Good Partnerships, Good Agriculture, Good Food e Good Operations. 

O nosso pilar Good Operations defende uma utilização racional da energia e da água, bem como uma gestão otimizada dos resíduos.

Dia Mundial da Água 2022

 

O slogan deste ano é “Águas subterrâneas”: Tornar visível o recurso invisível”. O seu objetivo é realçar o importante papel da água nos sistemas de abastecimento de setores como a agricultura e a indústria, e a sua relevância para a ecologia e adaptação às alterações climáticas.

A água é um recurso precioso. É por isso que na Lutosa fazemos tudo o que podemos para reduzir o nosso consumo de água, tanto na produção como na plantação, a fim de preservar este “ouro azul”.

Estes esforços fazem parte da nossa política de gestão da água. Julien Populin, Gestor Ambiental do centro da Lutosa em Leuze, explica em que consiste: “Temos obrigações ambientais a cumprir. Temos uma única licença (ambiental) que dita como devemos gerir a água nas nossas instalações, que volumes podemos utilizar e que descargas estamos autorizados a fazer.

A água que utilizamos para fabricar os nossos produtos provém do lençol freático. É um recurso renovável até certo ponto; no entanto, demora tempo a regenerar-se e alguns dos nossos produtos requerem uma utilização intensiva de água. 

Julien Populin acrescenta: “A dificuldade é mantermo-nos dentro das margens aceitáveis com uma produção cada vez maior, que inclui alguns produtos que consomem muita água.” Filip Lefever, Gestor Ambiental do centro da Lutosa, afirmou: “Lutosa foi uma das primeiras empresas a implementar um sistema de osmose inversa para reduzir o consumo de água”. Esta instalação é um sistema de purificação de água.

Ações para otimizar o nosso consumo de água

Os locais de produção da Lutosa em Leuze e Waregem têm as suas próprias instalações de purificação que limpam a água antes de esta ser devolvida ao ambiente. Também reduzem o volume de águas residuais. O nosso principal objetivo é consumir todos os anos menos água por tonelada de produto final.

Já satisfazemos 20 a 40% das nossas necessidades com água reciclada.

De facto, para otimizar a utilização, implementámos uma série de ações destinadas não só a consumir menos água, mas também a reciclá-la.

GLS_4172_DxO

As águas residuais do processo de produção que não sejam suficientemente puras para serem utilizadas nas nossas linhas de produção são submetida a um tratamento por biometanização. E isto é feito há 15 anos. Este processo permite transformar as águas residuais em energia. Esta energia é injetada na nossa fábrica e equivale ao consumo anual de eletricidade de 1600 lares. Após o tratamento, estas águas residuais podem ser reutilizadas para fins menos exigentes, como a lavagem de batatas.

Há 4 anos que dispomos de equipamento para purificar uma parte da água metanizada e reinjetá-la no processo de produção. Este processo é chamado “ultrafiltração por osmose inversa” (nota: a ultrafiltração por osmose inversa ou UFRO é um sistema de purificação dos sólidos em suspensão na água através de um sistema de filtração que apenas permite a passagem das moléculas de água). Filip Lefever afirmou: “Pretendemos transformar as nossas próprias águas residuais em água potável para reduzir ainda mais o nosso consumo de água municipal.

Esta água, mais pura e inodora não sabe a cloro e está livre de várias substâncias indesejáveis e contaminantes. Dedicamo-la a utilizações mais nobres, como a geração de vapor e a refrigeração.

operations

Os nossos objetivos até 2025

A Lutosa está constantemente à procura de soluções, que assumem a forma de investimentos e melhores práticas de produção. De acordo com Julien Populin, Gestor Ambiental do centro da Lutosa em Leuze, “para continuarmos a desenvolver o nosso negócio a longo prazo, devemos ser capazes de gerir os nossos recursos de uma forma renovável e sustentável”.

Alguns exemplos concretos:

  • Em termos de investimentos, implementámos um sistema inovador que nos permite monitorizar o consumo de água em cada ponto de utilização e em qualquer altura do dia.
  • A um nível prático, insistimos na utilização de bocais de alta pressão para a limpeza das áreas de produção, uma vez que reduzem o consumo para um terço em termos de metros cúbicos por hora.

Estas soluções permitir-nos-ão atingir as nossas metas para 2025.

Este Dia Mundial da Água é uma excelente ocasião para mostrarmos as nossas iniciativas de hoje e do futuro. Estas assentam nos nossos cinco pilares e na nossa política “Pledge To The World”. São um sinal do nosso compromisso para com a sustentabilidade a longo prazo das nossas atividades, para nós próprios, para as gerações futuras e para o nosso planeta.